A Diversidade - Jornal Animal

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

A Diversidade

Colecionador > Parte 3
Sergio Valério
 
Fred amava Ester, que por sua vez, não amava Fred.
Os caminhos dos dois haviam se cruzado um dia e, talvez por acaso ou por destino, numa tarde de março os dois se encontraram em um Shopping de São Paulo.
A paixão chegou no primeiro olhar, mas se foi depois de alguns meses, porém Fred não aceitava perder Ester e ela, por sua vez, talvez até por costume ou pena, se mantinha ao lado dele.
Um certo dia, porém, ela resolveu findar aquilo que já não mais existia e deixou um bilhete sobre a mesa do computador: “Me perdoe, Fred, mas não posso mais viver um amor que para mim não mais existe”.
Fred ao ver o bilhete, já imaginava o que dizia e ao acabar de ler a última palavra, devolveu o bilhete à mesa e correu em direção até o quintal.
Nervosamente, procurou a chave para abrir a porta e ao encontrá-la, vigorosamente deu as duas voltas na chave.
Seu coração batia como se o pulsar do coração tivesse se multiplicado por mil, um suor repentino lhe surgiu pelo rosto e os seus dedos tremiam quando ele finalmente conseguiu segurar a porta e abri-la.
Do fundo do quintal surgiu Totó latindo em sua direção e neste instante os olhos de Fred brilharam como se fossem diamantes.
Abraçado ao seu querido cão, Fred rolou na grama, gritando para todos ouvirem:
-Ela não levou o Totó! Que bom!!! Graças a Deus...
 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal