Dicas para a adaptação no novo lar - Jornal Animal

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Dicas para a adaptação no novo lar

Seções > Comportamento
Você quer sempre oferecer qualidade de vida para os seus queridos pets, certo?
O Jornal Animal sabe disse e está sempre atento buscando novas e úteis informações para que isso seja possível.
Se você estava pensando em adotar o seu novo amigo, é hora de conhecer as importantes dicas de Tarsis Ramão, adestradora da equipe Cão Cidadão. Vamos lá?

Quer adotar seu melhor amigo? Algumas dicas para a adaptação no novo lar!


"Depois de muito pensar, você decide aumentar a família e opta pela adoção do animal de estimação. É uma iniciativa bem bacana, afinal, existem muitos animais abandonados e em abrigos. Mas, junto a essa decisão, é muito comum que surjam dúvidas, principalmente se a escolha deve ser por um animal adulto ou não.

Primeiramente, é importante se lembrar que todos os animais, independentemente da idade, podem aprender e se adaptar. Aliás, os cães têm uma capacidade de adaptação surpreendente e, assim como nós, eles podem aprender em qualquer estágio da vida. Você certamente já viu notícias de idosos que concluem uma graduação com 70, 80 anos. Então, com os peludos não é diferente.

Para um cão filhote pode ser mais fácil aprender certas lições, pois, novamente, assim como nós, quanto mais cedo entendemos determinadas regras, mais fácil evitamos manias ou problemas de comportamento. Mas, mesmo um cão adulto que já adquiriu certos hábitos pode ser ensinado e se adaptar a uma nova realidade, como fazer xixi no lugar certo, passear comportado e entender os limites da casa.

Sem contar que optar por um cão adulto pode trazer algumas vantagens: a personalidade e o tamanho já estão definidos, e a curiosidade e a necessidade de roer tudo que tem na casa também são bem menores. É importante lembrar que muitos cães de porte médio e grande se adaptam muito bem em espaços pequenos e apartamentos, pois isso vem da personalidade do animal e não necessariamente do seu tamanho.

O mais importante antes de adotar ou mesmo comprar um animal é avaliar qual o perfil mais combina com você e com a rotina da família, como você imagina sua relação e o dia a dia com ele. Por exemplo: se você quer um cão mais pacato para ser o seu companheiro de sofá ou um companheiro de corrida e caminhada.
Depois disso, a ajuda de um especialista em comportamento pode ser muito útil para orientá-lo em algumas dúvidas e alinhar detalhes. Também é importante entender que cada animal tem o seu tempo de adaptação e de aprendizado, e que carregam uma personalidade única e uma história que precisa ser respeitada. Assim como a chegada de um filho, você deverá estar preparado para eventuais mudanças.

Somado a tudo isso, se você tiver paciência, dedicação, carinho e muito amor com o seu melhor amigo, qualquer adaptação é possível e essa nova relação tem tudo para ser saudável e harmoniosa".

Criada por Alexandre Rossi, a Cão Cidadão atua há mais de 15 anos com adestramento e comportamento animal. Oferece adestramento em domicílio, consultas comportamentais, além de uma agenda mensal de cursos e palestras. Tudo isso com muito amor e respeito. Para saber mais sobre a Cão Cidadão, entre em contato com a Central de Atendimento, pelos telefones (11) 3571-8138 (São Paulo) ou 4003-1410 (demais localidades). Acesse o nosso site: www.caocidadao.com.br
 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal