Perdoai-os, Senhor... - Jornal Animal

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Perdoai-os, Senhor...

Colecionador > Parte 5
Sergio Valério
 
         A frase de Jesus continua mais atual do que nunca, não só para os  humanos que cometem maldades com os seus semelhantes, como também para alguns  humanos que maltratam os animais.
         Programas de televisão disputam pontos na audiência e alguns, não se importam de machucar animais, colocá-los em situações de estresse e usá-los para a promoção pessoal.
         É claro que, em sua grande maioria, os programas de televisão tem mostrado os animais de uma forma positiva, enfocando o respeito que os humanos devem ter com os animais. São muitos os bons programas e correríamos o risco de esquecer de alguns, se fossemos tentar citar todos.
         Porém, quando vemos um programa mostrar como “um dos seus melhores momentos”, pobres avestruzes em uma absurda corrida com pessoas montadas e agarradas às suas asas, com certeza, provocando dor e estresse, não podemos nos calar.
         Eu sei que cada um de nós tem o seu crescimento próprio e que não podemos exigir que todos tenham total compreensão do que deve significar respeito, nem mesmo nenhum de nós pode se dizer dono da verdade e da virtude, porém, agora é o momento que precisamos ousar mais e exigir o mínimo de respeito para com os animais em todos os lugares, inclusive na televisão.
         Precisamos ter a coragem de protestar contra quem faz  estas atrocidades, “em nome da audiência”. Ninguém pode tudo, nem mesmo os regimes de exceção se perpetuam no poder, por mais que balas e prisões tentem calar a voz da população.
         Mesmo que como cristãos, possamos repetir o que Jesus falou: “Perdoai-os...Eles não sabem o que fazem!”, orando para que estas pessoas consigam crescer no seu desenvolvimento espiritual e emocional, como seres humanos nos cabe tomar conta da Terra, reagir sem medo e falar:
         -Chega de maldades com os animais! Sejam mais criativos! Usem a inteligência que têm para o Bem e não para o Mal. Vocês tem o poder da Mídia na palma das suas mãos, não façam como Hitler que, em nome de uma mentirosa supremacia ariana, quis segregar os judeus e dominar o mundo. Nós não somos os únicos donos da Terra, com o poder de fazer o que quisermos com os animais.
Sejam humanos de verdade, respirem fundo, olhem a Natureza em seu redor, abaixem seus olhos para enxergar os cachorros solitários nas ruas em busca de ossos e restos de comida, levantem seus olhos para o alto, vejam o céu, borboletas e aves voando, e retornem aos caminhos da razão.
         Chega de maldades com os animais e é claro, chega também de maldades com os próprios semelhantes. O que estou dizendo não deve ser apenas um desabafo, pode se transformar em uma grande oração para que todos nós, juntos, firmemos a nossa fé no amanhã, busquemos a Paz para desfrutar da Terra como Deus um dia sonhou, para quem sabe um dia, não  precisarmos mais ouvir do seu filho, todos os dias:
         -“Perdoai-os, Senhor...Eles não sabem o fazem!”.
 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal