Ricardo Figueiredo - Jornal Animal

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Ricardo Figueiredo

Seções > Quem cuida do seu Pet? > Comportamentalistas/Adest.
 
Quem cuida do seu Pet?

Nome: Ricardo Figueiredo
 
Profissão : Adestrador de cães
 
Empresa: Dog Atleta Niterói
 
Cidade: Niterói, Rio de Janeiro

Jornal Animal: O que levou a trabalhar na profissão de adestrador de cães?

Ricardo Figueiredo: Amor aos cães desde criança e sempre tendo um bom relacionamento com cães me tornei adestrador com 18 anos de idade.

Jornal Animal: Você tem pets?

Ricardo Figueiredo: Tenho uma srd chamada Cecília.
 
 
Recados:
 
 
De Ricardo Figueiredo para você, internauta do Jornal Animal:
 
 
Comportamento  (Psicologia Canina)                                                         

Antes mesmo de o cão ser domesticado pelo homem, ainda quando ele era apenas mais um animal selvagem na vasta natureza, sua organização enquanto grupo já existia, pois os cães dependiam uns dos outros para sua sobrevivência e cada indivíduo era incumbido a uma missão dentro de um grupo social muito bem definido, regido por dois cães líderes dessa matilha.

Com a domesticação feita pelo homem há milhares de anos atrás para auxiliá-lo em caçadas, posteriormente vieram as difusões das raças caninas, não há como dizer que seu cão sendo um lhasa apso ou um fila brasileiro, não tenham as mesmas origens.

Temos que ter em mente que antes de qualquer coisa o cão é um animal e que se trazemos ele para o nosso convívio temos a obrigação de entendê-lo como tal, pois só assim podemos aprimorar nossa relação com esses maravilhosos seres, pois mesmo sendo domesticado há centenas de anos, seu genes não mudaram e seus instintos e necessidades são os mesmos dos primórdios.

Meu intuito é passar minhas experiências práticas estudando o comportamento natural dos cães, precisamos chegar perto de entendê-los para que possamos traçar metas e objetivos a respeito do que desejamos deles e principalmente do que o seu cachorro quer de você. O que ele precisa? Quais suas necessidades naturais como animal e principalmente entender como se comunicam entre si  para que possamos entendê-los melhor.

Alguns comportamentos naturais:

Demarcação de território, montada, imitação, lambidas, e muitos outros...

Eles usam seu apurado olfato para reconhecer todo seu mundo e sua expressão corporal para se comunicar, além da energia das pessoas e do ambiente que o cerca.

Em síntese,  podemos afirmar que o adestramento é uma ferramenta importante para aprimorar a relação entre você e seu cachorro, porém ele terá mais sucesso se você souber o que realmente precisa e quer do seu cão ou seja o comportamento natural de seu melhor amigo.

Seu cão pode fazer tudo: ( senta, deita, rola, etc.. ) , mas naquele exato momento pode não estar submisso a você,  por tanto liderá-lo , antes de mais nada, é importante, pois, não é porque você tem um petisco ou outro tipo de estímulo na mão e seu cão responde a seus comandos, que você tem o total controle da situação naquele momento.
 
 
Agressividade, excessos em comportamento naturais que se tornam indesejados ( pular nas pessoas, latir demais, ansiedade, medos, e outros) são parte de um contexto comportamental tais instabilidades criadas por nós, humanos.

A reabilitação comportamental visa dar a você e a seu cão uma conexão mais próxima do que ele, se cachorro,  teria em seu ambiente natural junto a outros da mesma espécie.

Lembre-se de que psicologia canina é distinta da psicologia humana, pois somos outra espécie apesar de sermos mamíferos, seu cão tem outras necessidades, não premedita, não reflete sobre assuntos passados, não pensa no futuro. Vive o presente e precisa de você para liderá-lo calma e positivamente para dizer a ele as regras, limites e fronteiras.

Assim como no adestramento, busque sempre informações sobre comportamento e de como balancear sua relação com seu cão com a ajuda de um profissional especializado, isso sim é demonstração de amor!

Boa Sorte!

RICARDO FIGUEIREDO
Consultor Comportamental Canino.

Do Jornal Animal para Ricardo Figueiredo:

Parabéns! Mais que um recado, você nos trouxe conhecimento e informação, o que é importantíssimo para quem quer oferecer qualidade de vida e aprender a se relacionar com o seu pet. Temos certeza que as orientações que trouxe para os internautas da nossa web revista serão muito úteis para todos! Um forte abraço!

Do Jornal Animal para você, internauta do Jornal Animal:

Se você é um profissional que cuida de pets de qualquer lugar deste planeta e gostaria de participar desta seção, clique na imagem abaixo para acessar o  formulário, que é muito simples de preencher. Esperamos você por aqui!
Sergio Valério - Editor Jornal Animal


 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal