Caroline Florentino - Jornal Animal

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Caroline Florentino

Seções > Quem cuida do seu Pet? > Esteticistas e Groomers
Caroline Florentino
Ela tem 26 anos de idade e já atua há 10 anos como groomer, realizando um trabalho de excelente qualidade. Nesta entrevista ela nos fala de seus pets, de sua profissão e também nos oferece a sua opinião sobre diversos temas.

1.   O que a levou a ser Groomer?
R. Meu amor pelos animais me levou a esta profissão, quando consegui meu primeiro trabalho fiquei deslumbrada com a possibilidade de poder embelezar e devolver a dignidade de alguns cães na maioria das vezes.

2.   O que há de novo em termos de técnicas na Estética Animal?
R. Difícil falar sobre algo "Novo" nesta área, todos os dias aprendemos algo novo, tanto na Questão de tosas quando na pelagem. Na nossa profissão temos que nos manter sempre atualizados, por isso digo e repito: Você não gasta quando vai a um workshop, você investe.

3.   Onde você trabalha atualmente?
R. Atualmente trabalho na Vital Clínica Veterinária, em Laguna, Santa Catarina.

4.   Você teve animais de estimação em sua infância? Como se chamavam e como eles eram?
R. Nunca tive animais de estimação quando era pequena, apesar da minha paixão desde criança, pois o local onde morava não tinha como ter animais.

5.   Atualmente você tem animais de estimação?
R. Hoje tenho 5 animais, 4 cães e um gato. Meu primeiro cão quando peguei ele já tinha 9 anos, hoje está com 16, Luck. Tenho Enzo, tetuda (uma cachorrinha de rua que entrou no pet onde eu trabalhava ganhando filhotes), a Elle (uma pinscher sem um olhinho) e a Cheddar, minha gatinha.

6.   O que os governos (municipais, estaduais e federais) ainda não fizeram e que precisariam ter feito em relação à proteção e cuidados com os animais?
R. O governo e órgãos públicos não levam a causa animal a sério, descaso com cães de rua, com tanta verba nas prefeituras e não fazem um canil pra esses cães de rua, fazem descaso com os animais. Deviríamos ter canis, castrações gratuitas e um hospital veterinário público.

7.   Como se deve cuidar da pelagem de um cachorro?
R. Não há nada melhor e mais gratificante do que cuidar da pelagem de um animal. Você vê, passo a passo, o pelo se recuperando e ganhando os nutrientes necessários pra ficar saudável. Tudo começa pelo banho. Um banho nunca é um banho, é um tratamento pra estética da pelagem.
Produtos de qualidade, banhos de creme, hidratações e a escovação certa garantem um pelo recuperado e brilhante.

8.   Como se deve cuidar da pelagem de um gato?
R. O erro já começa quando o profissional acha que felinos não precisam de banho. Eles precisam de banho sim, a sujeira atrapalha o crescimento e desenvolvimento da pelagem, produtos específicos para gatos. Eles têm a pelagem muito oleosa e a composição de um shampoo que não seja para gato não tem o necessário pra tirar essa oleosidade.
Escovação, um bom banho e uma hidratação garantem um pelo maravilhoso.

9.   O que você, como groomer, gostaria de dizer para os internautas da web revista Jornal Animal que gostam tanto de ser tutores de seus pets?
R. Vocês, assim como eu, tutora dos meus, criam e amam como um filho. Eu, tutora e esteticista, sei lidar com pais e mães de pets preocupados no meu dia a dia porque eu sou uma. Uma dica que eu dou a vocês. Pesquisem sobre o esteticista do seu pet, avaliem e se gostarem do resultado final, criem uma amizade, pois tu vais saber que pode confiar.
 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal