Prof. Groomer Ayrton Siqueira - Jornal Animal

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Prof. Groomer Ayrton Siqueira

Seções > Quem cuida do seu Pet? > Esteticistas e Groomers
Prof. Groomer Airton Siqueira

Na redação da nossa web revista Jornal Animal, estávamos reunidos pensando nas pautas para as novas matérias. Foi aí então que surgiu a ideia:
- Que tal conversarmos com o Profo Groomer Airton Siqueira para sabermos mais sobre o seu trabalho como professor de curso de banho e tosa?
Todos adoraram a proposta, afinal de contas, ele é um profissional muito respeitado por saber muito sobre o tema.
Contato feito, fizemos a entrevista. Queremos convidar você, nosso(a) internauta, para conferir. Vamos lá?

1. O que o levou a atuar no segmento pet?
R. Comecei a trabalhar como auxiliar veterinário na Clínica Veterinária Castelo em Campinas, SP, há mais de 25 anos atrás, gostava de medicar, tratar e cuidar dos animais doentes e sempre que precisava ia ajudar a dona nos banhos. A partir daí comecei a pegar gosto pela profissão e estou até hoje.

2.   O que há de novo em termos de técnicas na sua área?
R. O mais importante é que o profissional de estética esteja sempre se atualizando neste mercado, ele está sempre com novidades, entre produtos e técnicas.

3. Onde você trabalha atualmente? Em que cidade, estado e país?
R. Sou professor do curso de banho e tosa do Colégio Antares em Americana, onde tenho parceria com a Pet Society, escola parceira. O curso é de segundas e quartas à noite e sábado à tarde. Durante o dia sou tosador na Clínica Veterinária Padovani, no Centro de Americana.

4. Você teve animais de estimação em sua infância? Como se chamavam e como eles eram?
R. O que me lembro é que tínhamos um Papagaio (Loro), nome clássico que tinha antigamente e uma Pequinês que se chamava Doga, na época morava em Manaus. Quando fomos para Brasília minha mãe deixou o Loro com a vizinha, mas a Doga veio com meu pai de carro.

5. Atualmente você tem animais de estimação?
R. Tenho uma SRD, que é a Nina, já está bem velhinha, mais de 15 anos. Ela me ajudou muito nas consulta de comportamento canino, no qual sou especialista. Hoje, pela idade já está aposentada. Ela é quietinha. Moramos em apartamento. Ela não faz suas necessidades dentro de casa e nem late, se não mexermos com ela. Tenho dois gatos também: a Pupu e o Pu, que são muito brincalhões e dorminhocos.

6. O que os governos (municipais, estaduais e federais) ainda não fizeram e que precisaria ser feito em relação à proteção e cuidados com os animais?
R. Um programa de castração coletiva em cães e gatos, tanto animais abandonados quanto em animais de pessoas que tem dificuldades financeiras para castrar seu animalzinho de estimação.

7. Como se deve cuidar da pelagem de um cachorro?
R. Hoje está em moda muitos cães de pelagem longa como shi-tzu e lhasa, por exemplo. Estes cães são de manutenção, precisam de muitos cuidados com os pelos, precisam de banhos todas as semanas e uma hidratação uma vez por mês. É necessário que os donos os escovem todos os dias, pela manhã e à noite.

8. Como se deve cuidar da pelagem de um gato?
R. Os gatos de pelos longos precisam serem escovados também com frequência, com banho e hidratação.

9. O que você gostaria de dizer para os internautas da web revista Jornal Animal que gostam tanto de ser tutores de seus pets?
R. Que sempre vivam o momento sem se preocupar com o futuro e ficar olhando o passado. É assim que vivem os cães. Eles me ensinaram a viver assim.



 


 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal