Que tal ser um aquarista? - Jornal Animal

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Que tal ser um aquarista?

Seções > Aquarismo
Esta é a nossa sugestão para você! Bem, e aí? Por onde começar? Precisamos de dicas muito especiais, certo?
Pensando em tudo isso, o Jornal Animal entrevistou Josilene Marchetti, técnica responsável pela Aquariomania. São 10 perguntas que, com certeza, serão muito úteis para você que quer ser um aquarista. Vamos lá?
1. Josilene Marchetti, para quem é iniciante no aquarismo, existem tipos de aquários mais fáceis de se cuidar?
R: Para iniciantes, comecem com um aquário de 50 litros (50 cm de comprimento, 30 cm de largura e 35 cm de altura), por esta litragem ser de fácil estabilização e poder abrigar uma quantidade considerável de animais. Quanto maior o aquário, mais fácil é estabilizá-lo e mantê-lo, já que toda uma biologia interna começa a ser criada a partir do momento em que o aquário é cheio de água - por isso a prática de 'lavar o aquário' 100% é errada , desta forma, pequenas variações na qualidade da água não interferem neste ecossistema. 
 
2. Quais são os itens obrigatórios em um aquário?
R: Além do vidro do aquário, o novo aquarista também precisará de:

  • Filtro: esta é a parte mais importante do aquário e escolher o melhor tipo de filtro será um dos fatores determinantes do sucesso de seu aquário. "Recomendo a todos os meus clientes iniciantes a compra de filtros externos, pois estes, além de terem um valor acessível, realizam os três tipos de filtragem necessárias: mecânica, biológica e química". Josilene explica, citando Lepiane. A manutenção dos filtros é bem simples e consiste em lavá-los e trocar mensalmente o sachê de carvão ativado. 

  • Cascalho : no caso dos aquários comunitários, escolha cascalho de rio(neutro).

  • Termostato: o mecanismo que mistura termômetro e aquecedor garante que a água do aquário fique na temperatura selecionada e evita consumo desnecessário de energia. Os termostatos existem em várias potências e tamanhos, sendo recomendado um de 50 watts para o aquário em questão.

  • Tampa e Lâmpadas: os aquários devem ser mantidos longe da luz do sol, pois esta estimula o crescimento de algas, o que deixará os vidros verdes. Utilize somente lâmpadas próprias a aquários, pois estas possuem o espectro correto para não estimular o crescimento de algas, além de valorizar as cores dos peixes.

3. O que se precisa saber sobre as condições da água de um aquário quanto à temperatura, entre outros itens?
R: Medidor de pH, rede e sifão: indispensáveis para a boa manutenção do aquário, testes de pH são encontrados nas lojas de peixes ornamentais e indicam o pH da água. A rede servirá para retirar animais mortos e, principalmente, inserir novos no aquário. Já o sifão, uma mangueira com uma ponta maior que a outra, é utilizado durante as trocas parciais para sugar a sujeira que permanece no substrato. 
4. Quais são os peixes que um iniciante em aquarismo deve escolher para ter em seu aquário?
R: Peixinhos dourados são ótimos para iniciantes que têm um aquário sem aquecimento. Estes peixes preferem temperaturas entre 18-24 graus Celsius. Peixinhos dourados também tendem a ser porcalhões.Os peixes Kinguios vêm em muitas variedades de tamanhos e cores. Muitas pessoas adoram as variedades mais extravagantes com cabeças grandes e caudas vistosas.  
 
5. Após comprar peixes, basta colocá-los no aquário ou existem procedimentos que se deve seguir quanto a isso?
R: O procedimento seria tratar a água com um condicionador de água e um acelerador biológico, caso queira colocar os peixes em menos de 7 dias.
6. De quanto em quanto tempo é preciso providenciar a limpeza de um aquário?
R: Mensal é o tempo para fazer uma manutenção de 50% no aquário.

7. Como devem ser alimentados os peixes? Diariamente? Existe prévia definição de quantidade ou de tipos de alimentação que são mais adequados?
R: Para cada espécie de peixes existe uma alimentação adequada. O necessário para alimentar seria 3 vêzes por dia, mas 2 vêzes já seria o mínimo, não excedendo na quantidade e na ração de flocos, que é a mais utilizada pelos aquaristas iniciantes, pois é preciso colocar de pouco em pouco, para não sujar o aquário.
 
8. O que se deve colocar em um aquário, em termos de elementos decorativos?
R: Alguns enfeites que não devem ter pontas e próprios para aquários, assim como as plantas artificiais.
9. Quais são as doenças que mais acometem os peixes?
R: Bactéria, fungos e parasitas(Ictio).

10. Quais seriam as dicas para que alguém se torne um bom aquarista?
R: Montar o aquário com ótimo sistema de filtragem, não exceder a quantidade de peixes, alimentação correta não dando à mais, achando que o peixe está com fome, pois quem controla é o aquarista e também a manutenção mensal .Com isto, a biologia equilibrada, os peixes ficam resistentes sem risco de doenças, água cristalina e aproveitando um pedaço da natureza na sua casa.
 

Josilene Marchetti
Técnica responsável
Aquariomania Comercial Ltda ME
Rua Presidente Castelo Branco,174, Centro, Osasco, SP.
Telefone: (11) 3654-1401
e-mail: aquariomaniaosasco@hotmail.com
Facebook: aquamania@aquamania.com.br
 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal