Os Protetores - Jornal Animal

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Os Protetores

Colecionador > Parte 5
Sergio Valério
 
Eles não são tantos quantos o mundo precisa, mas com certeza fazem muito mais do que tantos poderiam fazer. Eles são os protetores que andam pelas ruas recolhendo animais que sofrem pelo abandono de seus antigos donos e pelo descaso das autoridades.
Eles fazem do seu dia-a-dia, uma rotina de levar o carinho para tantos animais abandonados por todos os cantos de todas as cidades e campos.
Ser um protetor não é fácil. Além das dificuldades financeiras para exercer a sua missão, muitas vezes são incompreendidos em suas famílias.
Nem todos conseguem entender a ótica de um protetor e por isso, muitos deles, passam a vida toda tentando explicar para seus familiares o grande objetivo de suas vidas.
Os olhos de um protetor enxergam coisas que muitos de nós não conseguem ver. O coração de quem protege um animal parece ter a força de desvendar a linguagem dos animais e ler o que diz os olhos de um cachorro abandonado que sofre de sarna e de falta de carinho.
Um protetor não mede esforços para realizar o que ele sabe que é preciso fazer, é capaz de atravessar a cidade de ponta a ponta para descobrir, numa ruela, um gato que sofreu nas mãos de um malfeitor.
Os protetores nem sempre são conhecidos pelos seus nomes porque a falta de vaidade não os leva a se tornarem porta-vozes de si mesmos por que eles pensam primeiro nos animais e quase sempre, jamais pensam em si mesmos.
A casa de um protetor não é somente a sua casa, é o ninho para abrigar tantos animais forem necessários. O dinheiro que recebe do seu trabalho é destinado quase que exclusivamente à sua missão de protetor.
Ah! Quem dera se em todos os cargos de direção das cidades, estados e países, tivéssemos a pureza de espírito e do coração de um protetor. O mundo seria melhor, os países não viveriam em guerras e nem tampouco teríamos populações à beira da perda da vida pela fome. Nós, simples seres humanos, que ainda não tivemos a coragem de nos tornarmos protetores, em nome de Deus, dizemos: -Obrigado, protetores, pelo apreço aos animais, pelo desprezo ao poder e pela prática tão pura de dar amor.
Os animais também são filhos do Criador e todos nós deveríamos ter como missão em nossas vidas, cuidar deles e nos dedicarmos para que eles tivessem direito, pelo menos, ao mais simples de todos os direitos: -O Direito à Vida.
Essa história é a história de muitos protetores que estão pelas ruas fazendo pelos animais o que Deus faz por nós.
 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal