Sergio Reis - Jornal Animal

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Sergio Reis

Celebridades > S - T - U - V
Sergio Reis, sua Música e seus Animais

É o primeiro DVD que ele está lançando e aliás, Sergio vem muito bem acompanhado.
Afinal de contas, em “Sergio Reis e Filhos - Violas e Violeiros”, ele canta com Marco e Paulo, seus filhos.
A gravação do DVD aconteceu no Vila Country,com direito a violinos, cellos, flautas e é claro, as violas dos filhos Marco Bavini e Paulo Reis.
Além do show em DVD, você, nosso leitor do Jornal Animal, pode curtir também em CD esse lançamento muito especial de Sergio Reis.

Seus Animais em Casa:
Sergio tem dois periquitos australianos, dois papagaios, uma iguana e dois cachorros.
Um dos cachorros é Thor, um boxer, que está sendo adestrado e Princesa, uma husky siberiana, toda branca, que até parece uma ursa de olhos azuis.
Todos tem o atendimento de um veterinário, o Dr.Flávio, pois Sergio quer sempre oferecer o máximo de conforto e cuidado para os seus animais”

Seu Tempo para eles:
Sergio sempre encontra esse tempo. Ele comenta que quando chega em casa “é uma gritaria”, “eles ficam doidos...”

O primeiro Cachorro:
“Era um basset, branco, mestiço. Até hoje eu tenho fotos dele comigo.Eu tinha uns oito anos e o seu nome era Ledie, nome dado pela minha mãe”.

O primeiro animal em sua própria casa:
“Foi uma dálmata, a Tróica. Ele teve uma vez 11 filhotes e como não tinha muito leite, minha esposa Ruth tinha que dar mamadeira para os filhotes.
Como os filhotes de dálmata nascem inteiramente brancos, Ruth e os meninos Marco e Paulo pegavam um giz vermelho e marcavam com um “xis” na cabeça do filhote que já tinha mamado, senão...misturava tudo”!

Como é o Sergio Reis?
“Tranquilo. A idade ajuda você a ficar tranqüilo”.

Como se imagina daqui a 10 anos:
“Vou estar aqui na minha casa, onde eu moro, no Horto Florestal, um lugar onde eu tenho um bom espaço, um quintal para os meus pássaros, meus viveiros especiais...”

Sua Iguana:
“Ela tem um tanque só pra ela, tem inclusive, uma casa com uma pedra aquecida.
Aliás, ela não faz as suas necessidades a não ser dentro da água.
Às seis da tarde, a gente lava o tanque, tira toda a água para evitar qualquer risco da dengue e quando o rapaz que ajuda a cuidar dos animais chega de manhã, ele lava de novo, enche o tanque, põe mais ou menos um palma de altura de água e aí está tudo pronto, do jeito que a iguana gosta.
Além do tanque, tem uma parte de terra, onde ela gosta de tomar sol.Ali eu planto feijão porque ela adora o brôto do feijão. Ela é muito dócil, muito mansa”

O que é cuidar bem de um animal:
“Primeiro você tem que se informar como é esse animal, o que é bom pra ele e de que forma você vai tratá-lo para que ele possa viver sem stress e com saúde.”

Sergio fala de Thor:
“É um barato ver Thor sendo adestrado, atendendo a voz de comando.
Ele é um boxer que convive somente com as pessoas que moram na casa.
Por isso, se ele late no quintal, é porque tem gente estranha...
Thor é dócil com as crianças, inclusive com o meu neto “Vinicinho” de um ano e quatro meses.
Vinicius já coloca até a mão dentro da boca do cachorro e recebe belas lambidas pois Thor adora brincar com o garoto.
O meu outro neto é o “Thiaguinho”, que tem um mês de idade.
Thiago é muito pequeno, está no berço e o Thor ainda não chega perto dele.”

Recados:

De Sergio para você, leitor:
“Pra ter um animal em casa, você tem que ter amor por ele.Não tem que maltratar, não pode dar pontapé, bater, agredir. Tem que ser carinhoso.Tem que demonstrar amor por ele. Assim ele fica mais obediente, mais dócil, inclusive. A docilidade, inclusive, a gente passa para ele. Quando ele abusa, você tem que ser rígido, mas bater, nunca!
Do Jornal Animal para Sergio:
Obrigado pelo enorme carinho ! A frase dita por você ao nos convidar para visitar a sua casa, sentimos que veio mesmo do coração: “Terei o maior prazer de recebê-lo aqui em casa!” Foi isso que você disse e foi assim que nos sentimos de verdade.

Do Jornal Animal para você:
Mais uma vez, sua atenção conosco nos deixa muito contentes. Você percorreu todos os pontos e vírgulas e nos deu aquilo que todo ser humano gosta de receber: - Carinho.
Isso nos deixou feliz demais e vamos tentar retribuir trazendo sempre entrevistas com pessoas muito especiais com o nosso querido Sergio Reis. Até a próxima !

Sergio Valério


 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal