Luisa Mell - Jornal Animal

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Luisa Mell

Celebridades > L
Luisa Mell, o seu Amor protege os animais!

A filha de Papa Camargo e Sandra, que nasceu em São Paulo e foi criada no bairro do Bom Retiro, com certeza mostra, nos programas de televisão que apresenta, todo o seu talento e simpatia e além disso, transparece toda a sua sensibilidade, carinho e amor pelos animais. Exatamente por isso, Luisa Mell se tornou uma grande protetora dos animais.

O primeiro:
Luisa nos conta:“Quando eu era pequena, tivemos um pequinês chamado Joly. Quando ele morreu, minha mãe disse que jamais teria outro porque não resistiria mais uma perda tão dolorosa. Nós concordamos, pois estávamos sofrendo muito, também. Ela mudou de idéia, graças a Deus”.

Dino e Preta:
“Há seis anos minha irmã (Marcela) e eu conseguimos convencer meus pais de termos um cachorro, apesar do apartamento ser pequeno. Pegamos a Dino em uma Feira de adoção e há dois apareceu a Preta, uma vira-lata, que encontramos atropelada na rua. A Dino e a Preta moram com os meus pais”.

Michel e Gilda:
Quando perguntamos se ela tem também animais morando em seu apartamento, Luiza abriu um sorriso e nos disse:
“O Michel e a Gilda vivem comigo”.
Completamos a pergunta: - Você tem tempo para eles, Luisa?
Os olhos de Luisa brilharam e ela respondeu:”Claro! A gente sempre encontra tempo para ficar com quem a gente ama”.

Os quatro:
“São lindos. A Dino e a Preta são tímidas, medrosas e o Michel e a Gilda são muito brincalhões. Assim como nós, cada um com seu estilo, com seu caráter”.

Os cuidados com todos eles:
Perguntamos para Luisa: - Quem cuida deles? Mais um sorriso e ela nos conta: “Eu e minha equipe. Todo mundo me ajuda”.
Sobre que tipo de cuidados, Luisa Mell foi clara:
”Todos. Higiene, vacinas, boa ração, passeios e é claro, muito amor.
E ainda completou: “Posse responsável e todos os itens acima”.

O Ser Humano de uma forma geral,tratadoos animais?
Luisa foi precisa em sua resposta:
“Como escravos. Acreditam que boa parte só existe para servir de comida e mesmo usufruindo tudo do animal, carne, couro, ossos, pesquisa, ainda o trata com profundo desrespeito e crueldade”.

Late-Show – Rede TV! - Aos Domingos, às 17:30 h.
Quisemos saber também quem teve a idéia de criar o programa. Luisa nos explicou:
“Meu pai, Papa Camargo, que é autor-roteirista de televisão, há 30 anos, escreveu o Programa em um momento de profunda depressão, quando minha avó morreu atropelada”.

Luisa Mell daqui a 10 anos:
Tranquila ela nos responde:“Não faço não imagino nada, deixo a vida me levar”.

Os novos projetos:
“Estou finalizando meu CD em prol dos animais. A renda será revertida para castração e assim, vamos acabar com a população de animais abandonados e consequentemente, acabar com a carrocinha.

Recados:

De Luisa Mell para Você, Leitor:
“Muita gente diz que aprendeu com o Late Show muito sobre os animais e eu digo que aprendi muito com todos aqueles que amam os animais. Aprendi com as Ongs de proteção animal, com os veterinários , com os biólogos e também com pessoas que pegam, cuidam dos animais abandonados e com aqueles que sofrem ao ver um animal perambulando miseravelmente.Só posso dizer que mesmo aqueles que eu não conheço, nunca vi, eu considero meu amigo, pois temos em comum o amor e o respeito pelos animais .Um grande abraço a todos e uma certeza: Todos juntos, somos fortes”.

Para Você, Luisa:
Existem pessoas que são “muito” especiais. Você é exatamente assim, Luisa. Seus olhos mostram a pessoa extremamente sensível e sincera que você é e seus gestos e palavras comprovam que está fazendo de sua vida, uma verdadeira missão. Nós estávamos precisando de alguém que levantasse a bandeira em favor dos animais e a empunhasse com carinho, habilidade e amor. Quando estiver fazendo seu programa de televisão e olhar para a câmera, saiba que nós, do lado de cá, estaremos olhando nos seus olhos e dizendo: - Muito obrigado, Luisa Mell!

Para Você, nosso Leitor:
“Temos certeza que você vai concordar que trazer Luisa Mell em nosso Jornal Animal logo no começo do ano nos leva a crer que 2005 será realmente um ano maravilhoso! Um forte abraço e até a próxima!”

Sergio Valério


 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal