Cães com diarreia - Jornal Animal

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Cães com diarreia

Seções > Cães > Parte 1
CÃES COM DIARREIA:
O que pode ser? Como proceder?

Ao notar um cachorro com diarreia, muitos tutores ficam assustados e acreditam que há algo muito errado com a saúde de seu pet.
Embora essa ocorrência possa indicar problemas de saúde sérios, inclusive doenças gastrointestinais, ela também pode ser causada por uma série de fatores mais simples.
A diarreia é definida como o aumento da frequência das evacuações, além da alteração na sua forma. Com ela, as fezes deixam de ter seu formato comum e passam a ser pastosas ou completamente líquidas. Há, também, uma considerável alteração no odor das mesmas.

Quais são as causas da diarreia em cães?
A diarreia pode ter várias origens diferentes. Isso, é claro, interfere diretamente na gravidade da situação e no prognóstico para aquele determinado animal. Muitas vezes, esse sintoma pode estar relacionado a alterações transitórias do sistema digestivo. No entanto, pode também sinalizar doenças sérias e requerer atendimento médico urgente.

Confira algumas das principais causas do problema:
· alterações na dieta;
· alergia alimentar;
· dieta de má qualidade;
· estresse;
· parasitas ou verminoses;
· síndrome do intestino irritável;
· intoxicação;
· envenenamento;
· doenças virais;
· insuficiência renal;
· problemas hepáticos;
· alterações pancreáticas.

Para identificar exatamente qual é a causa da diarreia e fazer um tratamento correto para o problema, é essencial que o animal seja encaminhado para uma consulta veterinária. Lá, o médico veterinário responsável pedirá os exames necessários e diagnosticará eventuais doenças, afirma o Dr. Cauê Toscano do Vet Quality Centro Veterinário 24h.

Como ajudar um cachorro com diarreia?
A diarreia pode, algumas vezes, ser autolimitante. Por isso, é recomendado que os tutores, ao perceberem o problema, tenham algumas atitudes para tentar reverter o quadro, oferecendo conforto ao animal.
Confira os passos a seguir.

Deixe-o hidratado
Este é o principal risco da diarreia em cães. Por perder grandes quantidades de água por meio das fezes, é comum que os animais entrem em um quadro sério de desidratação, que pode inclusive levá-los à morte. Por isso, mantenha água fresca à vontade e se possível, ofereça líquidos, como a água de coco.

Ofereça alimentos leves e de fácil digestão
Ao contrário de gatos, que não podem ficar sem comer, cães podem se beneficiar de jejuns ou dietas mais leves em casos de diarreia. Por isso, retire a ração completamente e ofereça alimentos de fácil digestão, como peito de frango cozido com um pouquinho de sal. Nada de temperos.

Ofereça probióticos
Outra opção para ajudar um cachorro com diarreia é oferecer probióticos para ele. Esses micro-organismos podem ser encontrados em cápsulas e são vendidos em qualquer farmácia. Além disso, iogurtes naturais (sem açúcar) podem ser oferecidos ao animal, pois também são ricos em bactérias benéficas que regularizam o trato intestinal.

Por fim, é importante lembrar que esse tipo de manejo deve ser feito por no máximo 24 horas. Caso não note melhora nos sintomas, leve o animal imediatamente ao veterinário!

Como evitar esse problema?
Nem sempre é fácil evitar a diarreia, por conta de suas inúmeras causas de origens muito diversas. No entanto, com algumas atitudes, é possível diminuir a sua ocorrência. Confira:
 
· não faça alterações bruscas na alimentação do cachorro;
· forneça alimentos de qualidade;
· não dê sobras de comida a ele;
· mantenha as vacinas em dia;
· vermifugue o cão semestralmente;
· leve-o constantemente ao veterinário para a realização de check-ups.
 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal