Olga Bongiovanni - Jornal Animal

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Olga Bongiovanni

Celebridades > N - O - P - Q
Olga Bongiovanni:
“Quem gosta de animais é um ser do bem!”.

A catarinense Olga Bongiovanni, filha de Antonio e Delfina e irmã de Darci e Naldina, nasceu na cidade de Capinzal.
Hoje todos a conhecem pelo seu brilhante trabalho como jornalista e apresentadora do “Bom Dia, Mulher” pela Rede TV! que vai ao ar todas as manhãs, de segunda a sexta, às 8:10 horas, mas Olga já foi também agricultora, professora de Mobral, empacotadora de supermercado, enfermeira, garçonete, telefonista e locutora de jingles.
Nesta entrevista você vai conhecer um pouco mais sobre essa mulher que nos disse uma frase que mostrou a sua grande sensibilidade: “Quem gosta de animais, seguramente é um ser do bem!”.

A Infância:
Olga nos conta: “Tive muitos animais pois, morávamos no interior e na roça, então além de cachorros, eu tinha gatos, galinhas, porcos, vaca, cavalo, ovelha, cabritos. Imagine o mundo de bichos que eram maus companheiros todos os dias e havia um apego natural. Quando adoeciam ou morriam era um grande sofrimento”.

As perdas:
Olga se emociona e nos diz: “Perdi muitos animais sim e não esqueço de quando minha gata angorá de um olho verde e outro azul, foi pega desgraçadamente por cachorros e morta. Fiz seu sepultamento com todas as honras e lembro de cada detalhe como fosse hoje”.

Seu lar hoje:
Ela nos fala: “Moro em apartamento e por isso relutei muito em ter um cachorro, daí meu filho ganhou um e logo em seguida viajou pra trabalhar fora do Brasil, assim passei ser a mãe do Paco, um labrador chocolate lindo e inteligente, mas penso que apartamento não é lugar pra animal algum”.

O tempo para Paco:
“Gostaria de ter mais tempo, mas mesmo assim procuro atendê-lo o mais respeitosamente possível”. Olga nos conta que ela e suas duas secretárias cuidam de Paco.

O que é cuidar bem de um animal?
Olga, consciente do respeito que o animal merece, explica:
“Cuidar para que seu ambiente esteja sempre de acordo, cuidados com a saúde principalmente, para que não engorde e se alimente bem. Que seja feita uma caminhada por dia. Cuidado com os dentes e seu hálito, queda de pêlo, essas coisas. Também gosto de lhe dar brinquedos, tendo em vista ter apenas 6 meses, mas principalmente que o tempo que tenhamos, tenha qualidade acima de tudo”.

O Ser Humano de uma forma geral, trata bem os animais?
“Infelizmente não, precisamos aprender muito. É verdade que muitos se preocupam verdadeiramente com o bem estar de seus animais, mas aquilo que vemos por aí não é muito agradável. Eu não concordo, por exemplo, de uma pessoa ir trabalhar e deixar seu animal preso no apartamento, vê-lo somente à noite. Isso é falta de respeito. Podem me dizer: -É...mas ele tem comida, água, saio pra passear com ele..etc..etc.....e tal. Mas e o tempo em que ficou trancado, sozinho como fosse uma jaula? Não concordo.

Olga daqui a 10 anos:
Com olhar no futuro, ela nos responde: “Me vejo trabalhando muito, sendo útil a sociedade, com meus filhos tocando suas vidas e todos com muita saúde. Posso continuar aqui mesmo em SP, tudo que preciso é saúde porque faço do meu trabalho uma fonte de energia revitalizadora. Mas trabalhando no que gosto como hoje e saudável posso estar em qualquer lugar”.

Os Novos Projetos:
“Quero daqui algum tempo, talvez diminuir meu tempo no ar. Penso que posso ter um programa menor e ainda melhor”.

Recados:

De Olga para você, nosso Leitor:
“Quem gosta de animais, seguramente é um ser do bem e se olharmos dentro dos olhos dos nossos animais e observarmos bem seu comportamento aprenderemos todos os dias com eles, pois, eles são muito melhores que nós”.

Para Você, Olga:
“Parabéns pelo seu talento, pela sua sensibilidade, pelo carinho e respeito que você demonstra para com os animais. Nada melhor do que no mês onde se comemora o Dia das Mães, termos você em nosso Jornal Animal e ouvirmos de você mesma a simpática frase: “...passei ser a mãe do Paco, um labrador chocolate lindo e inteligente...”
Obrigado, Olga pelo carinho conosco! Bom dia, Mulher!

Para Você, nosso Leitor:
“Mais uma vez estivemos juntos nesta edição e você sempre lendo todas as vírgulas e reticências... Uma promessa queremos fazer: Continuaremos sempre tentando trazer pessoas sensíveis como a Olga. Ela que ama os animais como você tanto ama!”

Sergio Valério

 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal